Um coração bem cuidado

(Foto: Dariusz Sankowski / Unsplash)

(Foto: Dariusz Sankowski / Unsplash)

Publicado em Quarta-feira, 10 Novembro de 2021 as 1:16

A preparação da terra é uma das principais tarefas para se obter uma boa plantação. O solo precisa ser bem trabalhado para que as raízes das plantas possam se instalar de forma fácil e rápida e assim retirar da terra todas as substâncias de que necessitam.

Jesus disse, na parábola conhecida como “Do semeador”, que parte da semente lançada caiu em boa terra e deu boa colheita:

Então lhes falou muitas coisas por parábolas, dizendo: "O semeador saiu a semear. Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram. Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; e logo brotou, porque a terra não era profunda. Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz. Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas. Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um. Mateus 13:3-8

Para se ter um bom solo para receber as sementes, é preciso prepará-lo com antecedência. Especialistas dizem que é importante revolver a terra, desfazendo a crosta que porventura se instalou, permitindo assim que circulem melhor a água e o ar. Depois da terra ser revolvida, deve-se também acrescentar os elementos para corrigir ou melhorar a sua composição. Por fim, retirar da superfície as pedras e todos os elementos estranhos à terra que poderão, mais tarde, dificultar a plantação e posterior enraizamento.

Fazendo uma analogia da terra ao nosso coração, como podemos ter um coração preparado e bem cuidado para que as plantas possam nascer fortes e saudáveis, dando muito frutos?

Revolvendo o coração é possível remover a crosta de mágoas e rancores que atrapalham a circulação do ar da tolerância e compaixão. Após isso, é importante também acrescentar os elementos corretos para corrigir a sua composição, inserindo amor, bons pensamentos e palavras de vida. Por fim, retirar as pedras da soberba ajudará muito para que as sementes plantadas nesse coração germinem e cresçam fortes, produzindo vários e vários frutos.

Ainda há tempo, escolha a excelência.

Cristiano R. Costa é coach emocional, palestrante, escritor, professor, consultor e mentor. Sua área principal de atuação é em liderança emocional e empresarial. Possui capacitação pelo Instituto Menthes do Dr. Augusto Cury, é bacharel em Ciência da Computação e Especialista Executivo em Gestão de Empresas e de Projetos. Tem um chamado para ajudar pessoas a se auto liderarem e de acreditarem em si mesmas e principalmente em Deus.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Não há problema em ser diferente

Deixe um comentário