Quando o gás acaba

(Foto: Freepik)

(Foto: Freepik)

Publicado em Quinta-feira, 11 Novembro de 2021 as 2:56

Existem ciclos e fases na vida de todos nós onde realmente parece que o fim chegou. É aquele momento no qual dizemos: “o gás acabou”. Sem gás, sem energia. Sem gás, somos apenas um recipiente vazio incapaz de gerar ou produzir transformações, aquecer, cozinhar, esquentar, iluminar, transportar. Enfim, faltou gás.

“Tá faltando gás” virou frase rotineira. Basta lançar um olhar a nossa volta e fica fácil perceber que o número de pessoas cansadas não para de crescer. São cansaços que se explicam pela carga de pecados e doenças emocionais que afligem e atacam boa parte da população. Entregar-se às drogas, hipersexualidade, álcool e todos os descaminhos que a vida oferece, tem gerado um exército cada vez maior de ansiosos, depressivos e abatidos.

São situações e realidades que sugam e eliminam todas as forças e recursos pra se reagir. Normalmente tais momentos são identificados como aquela hora que ninguém gostaria, a hora que “tá faltando gás”. E sem gás como reagir? Como dar a volta por cima? O que fazer pra que a vida continue mesmo sem essa energia vital?

10 horas da noite. Minha esposa estava preparando uma super receita pra gente. De repente, o que não esperávamos aconteceu, o gás acabou. Foi na semana passada. Tentamos o que deu, mas o horário impossibilitou qualquer socorro, somente no dia seguinte o problema seria resolvido. Guardamos tudo, o que podia ficar no forno, ficou. Outros ingredientes voltaram pra geladeira. Frustrados fomos dormir, tudo porque o gás acabou.

Fiquei pensando na situação. Tivemos de esperar o dia seguinte, aguardar o socorro, sozinhos não conseguiríamos. Fizemos o que estava ao nosso alcance, logo cedo ligamos pra empresa que entrega em nossa casa, pois para ter resolvido o problema da falta de gás dependíamos que chegasse um novo. É bastante simples, mas muitos não conseguem compreender. Quando o gás acaba nos cenários da vida, precisamos apenas fazer o que podemos enquanto falamos com Deus, a fim de que Ele traga o novo. Somente Ele renova nossas forças pra continuar, pra suportar, para em tempos de guerra nunca pararmos de lutar.

O gás acaba pra todos nós. Constantemente precisaremos ser reabastecidos e renovados. Permanecermos ligados a Ele é decisivo, pois nossa força vem do Senhor que fez o céu e a terra. O fato é que a gente sente normalmente antes do fim absoluto: “Meu gás tá acabando”, nessa hora não espere acabar, reaja, vá direto na fonte, pois o “gás” que vem dEle atende por outros nomes, como misericórdia, bondade, perdão, unção, amor, paz e, como bem afirma a Palavra, Suas misericórdias não têm fim!

Edmilson Ferreira Mendes é escritor, pastor, teólogo, observador da vida.

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: A morte real da ficção

Deixe um comentário