O que é mais importante?

(Foto: Canva)

(Foto: Canva)

Publicado em Quinta-feira, 23 Setembro de 2021 as 12:50

O que será que é mais importante? Ler a Bíblia ou orar? Às vezes, na correria, no tempo que nos falta no cotidiano, deixamos os dois de lado, outras vezes, escolhemos o que acreditamos ser mais importante e seguimos apenas em uma dessas práticas.

Quando perguntado sobre qual das duas práticas seria a mais imprescindível, A. W. Tozer respondeu: “O que é mais importante para um pássaro, a asa esquerda ou a direita?” É uma questão de equilíbrio, uma questão de balanço e complemento, uma prática não substitui a outra.

Na Bíblia temos a oportunidade de ouvir a voz de Deus. A Bíblia é a palavra viva, a palavra da qual Jesus se refere ao responder uma das tentações do Diabo no deserto: “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.” Vivemos esperando e pedindo pra ouvir a Deus, queremos ouvir sua voz, queremos saber o que Ele tem a nos dizer, bom, Deus nos deixou 66 livros que contam a história da Salvação, todos eles foram divinamente inspirados, todos eles possuem a palavra de Deus. Quer ouvir a Deus? Leia a Bíblia, porque pode passar o tempo que for, a palavra do Pai permanece, ela é eterna e nada do que Ele diz muda!

E a oração? A oração é nossa chance de reagir a presença de Deus. Claro, ela é um lugar para apresentarmos nossos pedidos, mas é muito mais que isso, não a utilizar de forma integral é um desperdício. A oração é onde você derrama todo seu coração pra Deus. Como uma conversa com um amigo mesmo, você pode chorar, desabafar, não dizer nada, compartilhar alegrias ou tristezas, seja como for, se derrame por inteiro na presença do Todo Poderoso. Não é que você vá contar nenhuma novidade pra Deus, mas Ele valoriza nosso ato de se relacionar com Ele, além do que, Deus tem a lindo hábito de usar a oração para nos mudar, para nos ajudar a enxergar as coisas de outra forma, para trabalhar em nosso coração.

Qual o mais importante? O que importa mesmo é se render diariamente ao Criador do Universo. O que importa é aceitar que Jesus trabalhe diariamente na nossa vida. O que importa é deixar o controle da nossa vida nas mãos do Pai. O que importa é se relacionar com Ele, de todas as formas possíveis. O que importa é buscar seu reino em primeiro lugar, e então todas as outras coisas nos serão acrescentadas.

Por Mariana Mendes, escritora e estudante de Letras. Trabalha com mídias sociais e fundou o canal EntreLinhas. Filha do Pai e filha de pastor. É apaixonada por ver a rotina com novos olhares.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: A pressa é inimiga da perfeição

Deixe um comentário