Lidando com seu cérebro

(Foto: Canva)

(Foto: Canva)

Publicado em Sexta-feira, 21 Maio de 2021 as 2:26

Você sabia que seu cérebro gosta de economia?

Você já tentou alcançar um resultado, tentou fazer alguma coisa que não deu certo, e que você não sabe por que não deu certo?

Você sente-se rodeada de pessoas que dão resultados, pessoas que querem o seu bem, mas você não consegue romper com esse limite?

Isso é terrível!

Mas a resposta é que seu cérebro gosta de economia.

Por que ele gosta de economia?

Quando seu cérebro se depara em uma situação que traz desconforto para você, ele cria uma nova trilha cerebral dizendo o seguinte: ‘Não invente fazer isso outra vez, por que se você fizer, estará se expondo ao ridículo, você vai gastar energia, e eu não quero que você se desgaste.’ Seu cérebro funciona como um motor. E, de propósito, para não gastar energia, coloca uma trava na engrenagem que faz o cérebro não funcione naquela área. Essa área tem conexão com outra área e você começa a não alcançar resultados, desistindo de avançar.

Percebe isso?

Você precisa perceber esse efeito. Conhecendo o efeito você poderá buscar as causas, e então quebrará esse ciclo de paralisação e/ou desistência. Assim, você poderá, então, romper.

O autoconhecimento nos permite transitar nos efeitos estabelecidos pelos bloqueios mental e emocional, promovidos por traumas e eventos emocionais.

As pessoas querem resolver as coisas de forma rápida. Essa forma rápida, é sempre tratando os efeitos. Por exemplo, quando você detecta uma goteira em sua casa, e coloca um balde para “acolher” as goteiras, isso não resolve o problema. O balde apenas está cuidando do efeito.

Nós fomos configurados desde a infância para fugir do problema.

Você já parou para pensar, por que foge do problema? Porque não percebe que na resolução do problema você será recompensado.

Neste ponto precisamos parar para ver o que ocorre (risos).

Estamos falando de seu cérebro: o motor que te impulsiona de forma espontânea e inconsciente. E isso você nem percebe, vai no piloto automático, fazendo você colher frustrações.

Seu inconsciente é um milhão de vezes mais atuante que seu consciente.

“A fé sem obras é morta” (Tiago 2:17).

Quero que você pare um pouco para refletir sobre o que a Bíblia diz em Hebreus 11:6: “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.”

Estou falando de você, e quando falo de você estou falando do seu cérebro. Ele funciona como um motor que deixa o barco à deriva o tempo todo. Somos responsáveis pela forma como edificamos, não podemos ir à deriva. Não ande no piloto automático, tenha a chave de sua casa em suas mãos.

Fugimos do problema porque não aguardamos a recompensa. Aprenda a aguardar as recompensas.

Muitas vezes não cremos porque não aguardamos o galardão. Fugimos do problema porque não aguardamos a recompensa.

Muitas vezes não cremos porque não aguardamos o galardão.

Conheça seu cérebro e você se conhecerá melhor. Quero ajudar você a refletir sobre isso. Essa é a minha proposta neste artigo e em outros que virão.

O Pai ama você!

Por Darci Lourenção, psicóloga, pastora, coach, escritora e conferencista. Foi Deã e Professora de Aconselhamento Cristão. Autora dos livros “Na intimidade há cura”, “A equação do amor” e “Viva sem compulsão”.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Seu valor é inestimável e intransferível

Deixe um comentário