Férias na lua. Dá?

(Foto: Pixabay)

(Foto: Pixabay)

Publicado em Sexta-feira, 14 Junho de 2019 as 9:15

Julho tá chegando. Muita gente já sonhando e planejando as férias. Uns vão só descansar em sua cidade mesmo. Outros vão viajar pra casa dos avós, dos tios, dos amigos, dos sogros, dos filhos, dos primos. Outros reservaram hotéis, pousadas, cantinhos de puro prazer. Alguns vão pra tão sonhada viagem no exterior. Outros, como eu, nem uma coisa nem outra, pois vou trabalhar mesmo, porque eu tô precisando, o Brasil tá precisando, o mundo tá precisando! Ufa! (essa última frase é só um consolo pra quem, como eu, precisa ficar e seguir com a rotina!).

Somos uma geração acelerada. Redes sociais, whats, informações na palma da mão a cada segundo, a soma de tudo isso produz cada vez mais pessoas que exigem respostas imediatas para tudo, é assim que desaprendem a orar, clamar, insistir e esperar. Esperar, que palavra mais antiquada. Somos fast, delivery, flash. Tudo isso gera muito mais insatisfação do que satisfação. O povo “das viagens” fica cada vez mais sedento e dependente das adrenalinas por novos roteiros, paisagens, shows, eventos, pessoas, aventuras. Tudo é oferecido, mas nada consegue saciar a fome por mais, mais e mais.

Para onde ir nestas férias? A angústia é por algo realmente novo. O que as agências de turismo já não estão conseguindo atender, a Nasa se propõe a resolver, vai levar turistas para o mundo da lua. Lembra quando “mundo da lua” era só uma expressão pra ilustrar um elogio ou crítica? Vai deixar de ser. A Nasa anunciou que vai autorizar a partir de 2020 viagens à Estação Espacial Internacional. Oi?

Vamos aos detalhes até agora revelados. Serão realizadas duas missões por ano com duração de 30 dias cada uma. Até 12 “astronautas privados” poderão ir em cada missão. Os visitantes poderão ser de qualquer nacionalidade e poderão ser transportados pelas duas companhias particulares que estão desenvolvendo os veículos para a Nasa, a SpaceX e a Boeing. Pela estada em órbita, comida, água e todo o sistema de suporte vital a bordo, cada turista pagará a pechincha de 58 milhões de dólares.

O pessoal da Nasa viajou. Literalmente. Ah, eu com 58 mi... deixa pra lá. O mundo da lua, por enquanto, segue sendo muito mais emocionante nas imaginações criativas. Minha viagem para espaços celestes e a contemplação de paisagens que jamais imaginei, já foi reservada. Quem reservou e pagou por ela foi Cristo, preparou todo o caminho, me enviou o convite através do Espírito e, para minha eterna surpresa e gratidão, me assegurou que a viagem com Ele e para Ele é absolutamente de graça! Férias na lua não sei se dá pra você, para mim não dá. Mas vida eterna no céu eu sei que dá, tanto para mim quanto para você, é só ir pelo caminho que se chama Cristo, é de graça!

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: '"Adolescência Virtual", "Por que esta geração não acorda?", "Caminhos" e "Aliança".

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

 

 

 

Deixe um comentário