Reis Magos, Sábios e Adoradores do Fogo

Cena de novela da Record, na qual Jesus recebe a visita dos Reis Magos. (Imagem: Rede Record)

Cena de novela da Record, na qual Jesus recebe a visita dos Reis Magos. (Imagem: Rede Record)

Publicado em Segunda-feira, 3 Dezembro de 2018 as 11:59

“Ora, depois que Jesus nasceu em Belém da Judéia, nos dias de Herodes, o rei, eis que vieram homens sábios do Oriente a Jerusalém, dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo." (Mateus 2:1-2)

Eu sempre fui fascinado pela história dos Reis Magos. Eu gosto que muitas traduções usem o termo "Homens sábios". No natural, eles fizeram a coisa mais tola, viajando uma grande distância para adorar um bebê. Mas, no Reino dos Reinos, estes Reis Magos, filósofos, astrólogos, homens instruídos, responderam com alegria no dia em que uma realidade maior do que eles havia invadido a terra.

“Os judeus acreditavam que haviam profetas no reino de Sabá e Arábia, que eram posteriores a Abraão por Quetura; e ensinaram em nome de Deus o que haviam recebido na tradição da boca de Abraão. ”- WHITBY.

É de suma importância notar que, embora muitos magos, astrônomos e filósofos sejam agora considerados estranhos, nessa época os homens dessa classe eram muito respeitados.

Os Reis Magos foram altamente considerados pelo Tribunal da Pérsia, dedicados à astronomia, religião e medicina, e foram convidados como conselheiros durante a guerra. Eles discerniram os dias e viajaram uma grande distância para homenagear um bebê Rei!

Há pouca dúvida de que esses magos se originaram de mestres e aguardavam a manifestação do prometido Messias.

"O tradutor persa traduz o grego Magoi (NT: 3097) por mejooseean, que significa corretamente um adorador de fogo e do qual temos nossa palavra mago. É muito provável que os antigos persas, que eram considerados adoradores do fogo, tivessem os homenageado como a representação simbólica da Deidade. Vendo essa aparência incomum, poderia considerá-lo como um sinal de que o Deus que eles adoravam estava prestes a se manifestar entre os homens.” Comentário de Adam Clarke.

É interessante notar que o tradutor persa traduz o grego Magoi como um adorador do fogo! Isso é absolutamente surpreendente para mim. Jesus era a imagem expressa de Deus na terra e Deus é fogo. (Deuteronômio 4:24)

Eu ouvi de Mike Bickle: “Deus não parece fogo... fogo parece Deus.”

Moisés encontrou essa paixão em uma sarça ardente, e do fogo Deus falou: "Deixe meu povo ir!". Moisés foi enviado como um libertador. Era o coração ardente de Deus... que em Sua paixão pelo homem enviou Seu Filho como resgate pelo pecado para libertar um povo ferido.

Você pode ter uma visão diferente dos Magos do que minhas citações e pensamentos anteriores, mas o que é inegável é que esses homens sábios... esses adoradores do Fogo... tinham bastante sabedoria e revelação para reconhecer o Sinal de Sua vinda.

Amigos, podemos tirar muito disso. Deveríamos estar tão famintos pelo conhecimento do Santo. Devemos estar em constante expectativa do mover do Seu Espírito, e quando Ele se move… reconhecê-lo… e responder com alegria.

Nesta estação celebramos o dom de Jesus... o dom da Paixão de Deus expressa na terra... o maior avivamento já conhecido pelo homem: JESUS.

Sejamos adoradores do fogo. Vamos ser adoradores com fogo e paixão. Vamos aprender com os homens que a Bíblia chama de sábios e responder com alegria e adoração!

Jason Lee Jones

*O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Deixe um comentário