Chorar não é sinal de fraqueza

Choro. (Foto: Stock Images)

Choro. (Foto: Stock Images)

Publicado em Quinta-feira, 10 Agosto de 2017 as 12:34

Todos conhecemos o poder destrutivo e desestabilizador da comunicação de uma má notícia. Seus efeitos são devastadores.

Quando a vida é interrompida pelo luto, pela dor, pela traição, pelas perdas e prejuízos, pelo caos, o resultado é sofrimento, tristeza, angústia, abatimento.

No entanto, se escolho confiar em Deus; não me deixarei dominar pelo desespero e pelo pânico. Há circunstâncias que trazem consigo motivos legítimos de tristeza.

Chorar não é sinal de fraqueza. O choro coloca para fora a dor interna do coração, os sentimentos de tristeza e angústia e é uma reação natural do corpo para livrar-se de uma grande carga emocional. É terapêutico, alivia as tensões internas da pessoa, serve para acalmar a alma.

Mas o choro em si, não produz nada. A não ser que venha acompanhado de quebrantamento diante de Deus, e esse quebrantamento o leve ao lugar onde somos fortalecidos por Deus.

 

*O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Deixe um comentário