Série de vídeos para escola ensina crianças que existem 'mais de 100 gêneros'

No vídeo, crianças fazem perguntas sobre sexualidade a adultos e recebem respostas baseadas na ideologia de gênero. (Imagem: BBC / Reprodução)

No vídeo, crianças fazem perguntas sobre sexualidade a adultos e recebem respostas baseadas na ideologia de gênero. (Imagem: BBC / Reprodução)

Publicado em Quinta-feira, 12 Setembro de 2019 as 10:18

Um material produzido pela BBC para crianças de 9 a 12 anos do Reino Unido, afirma que existem mais de 100 'identidades de gênero' e que isso algo "realmente emocionante".

Chamada de "The Big Talk", a série de vídeos feitos pelo canal 'BBC Teach', apresenta crianças fazendo perguntas sobre sexo, relacionamentos e gênero, e as respostas dadas por adultos que o grupo de comunicação julga como "confiáveis".

No vídeo "Entendendo as identidades sexuais e de gênero", as crianças são informadas de que o gênero é "quem você é por dentro" e que "sexo está relacionado a se você nasceu menino ou menina".

"Mais de 100 identidades de gênero"

Quando questionado sobre quais são as diferentes identidades de gênero, um professor de Relações e Educação Sexual diz: "Existem muitas identidades de gênero. Então, sabemos que temos homens e mulheres, mas existem mais de 100, se não mais, identidades de gênero agora".

Ela acrescentou: "Há algumas pessoas que podem se chamar de 'gênero queer', o que quer dizer: 'eu realmente não quero ser nada em particular, apenas serei eu'".

Ativista trans

Enquanto a maioria dos "adultos de confiança" eram professoras, uma delas, na verdade, era a ativista trans Leo Lardie, que nasceu mulher, mas agora vive como se fosse homem.

As crianças não pareciam confortáveis ​​enquanto ela falava sobre sua genitália e explicou que a única maneira dela ser feliz era "ser verdadeira" sobre quem ela era e "deixar que outras pessoas entendessem".

Em resposta a perguntas sobre sexualidade, um diretor, que é homossexual e casado com alguém do mesmo sexo, sugeriu às crianças que elas poderiam ser gays se gostassem de alguém do mesmo sexo "de uma maneira um pouco diferente do que normalmente acontece com seus amigos".

Pais do mesmo sexo
O vídeo é acompanhado por sugestões para tópicos de discussão e outras atividades da lição.

Em uma das sugestões, as crianças escrevem dramas que explorem a sexualidade e o gênero "com foco na inclusão e na igualdade" e criam uma exposição focada em figuras famosas ou históricas "de todas as diferentes sexualidades e gêneros".

Já o vídeo "Famílias diferentes, mesmo amor" se concentra em casais do mesmo sexo com crianças. Nesse episódio, os professores não explicam que esses casais não podem ter filhos naturalmente.

"Celebrando outros relacionamentos"

A série Big Talk também inclui o vídeo 'Respeitando a mim mesmo e aos outros', no qual a mesma diretora diz: "Você pode não entender o que significa ser gay, mas respeitar isso, porque reconhece que todo mundo é diferente".

Ela afirma que respeitar não é apenas ser capaz de reconhecer as diferenças entre as pessoas, mas "celebrá-las" e isso é "essencial para ser uma ótima pessoa na sociedade".

Em outras partes do vídeo, Lardie comenta as pessoas que criticam a ideologia de gênero: "ainda não sabem nada ainda".

A professora de Relacionamentos e Educação Sexual diz às crianças que "as pessoas podem ir para a prisão se for provado que estão desrespeitando ou odiando as pessoas por causa de uma diferença que a pessoa percebe".

Deixe um comentário