Bolsonaro tem encontro histórico com primeiro-ministro de Israel

O presidente eleito Jair Bolsonaro recebe a visita do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Copacabana. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O presidente eleito Jair Bolsonaro recebe a visita do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Copacabana. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Publicado em Sexta-feira, 28 Dezembro de 2018 as 3:54

O presidente eleito Jair Bolsonaro se encontrou na tarde desta sexta-feira (28) com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, no Forte de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. É a primeira vez que um premiê israelense faz visita de Estado ao Brasil.

Netanyahu desembarcou no Brasil por volta das 11h15 no Aeroporto do Galeão, onde foi recebido por autoridades, como o prefeito do Rio, Marcelo Crivella. Seu encontro com Bolsonaro começou às 14h no prédio das Forças Armadas.

Antes de entrarem no prédio, eles se cumprimentaram e posaram para fotógrafos e cinegrafistas. Dentro de um sala com as bandeiras do Brasil e Israel, os dois se sentaram lado a lado, com intérpretes auxiliando no diálogo.

"Mais do que parcerias, seremos irmãos no futuro, na economia, tecnologia, e tudo aquilo que possa trazer benefício para os dois países", disse Bolsonaro em pronunciamento após o encontro, segundo o UOL.

O premiê agradeceu a "gentilíssima recepção" e destacou o fato de a visita ser a primeira de um primeiro-ministro de Israel ao Brasil na história. "Israel é a terra prometida. E o Brasil é terra da promessa", afirmou. 

Netanyahu se referiu a Bolsonaro como "amigo", em português. "Convidei o presidente Bolsonaro para visitar Israel, e ele aceitou, e ele será bem-vindo como um grande amigo, um grande aliado, um irmão", disse Netanyahu.

Bolsonaro respondeu dizendo que pretendia visitar Israel até março, com "uma comitiva de vários setores da sociedade". "O que for acertado entre nós será muito bom para brasileiros e israelenses. E também para grande parte do mundo, porque estamos demonstrando que essas parcerias trazem o bem-estar para seus povos. Queremos que mais gente faça parceria com Israel, bem como conosco também", disse o presidente eleito.


Netanyahu chega ao Rio de Janeiro e cumprimenta o prefeito Marcelo Crivella. (Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio)

Nesta quinta-feira (27), Netanyahu informou pelo Twitter que pretendia discutir os laços de Israel “com o maior país da América Latina, o quinto país mais populoso do mundo. O Brasil é um país enorme, com enorme potencial para o Estado de Israel, economicamente, diplomaticamente e com relação a segurança”.

Também pelo Twitter, Bolsonaro falou sobre a expectativa para o encontro. “Espero a chegada e visita do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Nos reuniremos e discutiremos novos rumos para nossas nações. As expectativas são as melhores para este momento inédito de nossa história”.

Deixe um comentário