“Deus não deu profecias para assustar, mas para preparar”, diz pastor sobre fim dos tempos

O pastor Mark Hitchcock diz que há muita especulação sobre o fim dos tempos. (Foto: Reprodução/Facebook)

O pastor Mark Hitchcock diz que há muita especulação sobre o fim dos tempos. (Foto: Reprodução/Facebook)

Publicado em Quinta-feira, 3 Janeiro de 2019 as 3:26

Muitas especulações atrapalham o entendimento bíblico sobre o fim dos tempos, de acordo com o pastor norte-americano Mark Hitchcock, que se tornou um especialista sobre os estudos das profecias bíblicas.

“Acho que muitas pessoas na área da profecia se envolvem em muita especulação sobre várias coisas e começam a marcar datas, o que a Bíblia claramente proíbe”, disse Hitchcock em entrevista à revista Charisma. “Jesus disse: ‘Ninguém sabe o dia ou a hora’, mas as pessoas tentam descobrir quem é o anticristo e, em seguida, nomeiam alguém”.

“Eu sempre digo às pessoas que eu não acho que o anticristo irá se revelar até depois do arrebatamento. Então eu digo, se você descobrir quem é o anticristo, tenho más notícias para você — então você não vai querer saber quem é o anticristo”, afirmou o pastor.

Hitchcock disse que há especulação sobre muitas coisas e “precisamos ficar com o que a Bíblia diz”. “O que a Bíblia diz é empolgante e suficiente, não precisamos adorná-la com um monte de especulação feroz”, esclareceu.

“Precisamos lembrar que Deus nos deu profecias bíblicas não para nos assustar, mas para nos preparar. Não para nos deixar ansiosos, mas para nos tornar conscientes do que está acontecendo e nos chamar para viver piedosamente e viver à luz disso”, acrescentou.

Hitchcock passou a se aprofundar no estudo das profecias bíblicas aos 20 anos de idade, quando percebeu que não entendia muitos trechos da Bíblia que estavam relacionados a elas.

“Para mim, se você ama a Bíblia, que é quase um terço da profecia, então você vai amar a profecia”, disse ele no programa Christ in Prophecy. “Então, eu não me considero alguém que é necessariamente apaixonado pela profecia. Eu simplesmente amo a Bíblia, e a profecia é uma grande parte dela”.

Deixe um comentário