‘Jesus nos ajudou a sobreviver’, testemunham soldados que evangelizam em Uganda

:  O capitão Ivan Aggrey Kajuba ora pelas pessoas que participam da cruzada evangelística em Butaleja. (Foto: Reprodução/UGN)

: O capitão Ivan Aggrey Kajuba ora pelas pessoas que participam da cruzada evangelística em Butaleja. (Foto: Reprodução/UGN)

Publicado em Terça-feira, 17 Setembro de 2019 as 4:30

135 pessoas no distrito de Butaleja, leste de Uganda, receberam Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal em uma cruzada evangélica onde soldados cristãos são os pregadores.

Eles são crentes, serviram com as forças armadas de Uganda e hoje compartilham o Evangelho revelando como Jesus Cristo transformou suas vidas.

O capitão Ivan Aggrey Kajuba, autor, evangelista e soldado da Força de Defesa do Povo de Uganda (UPDF), disse aos moradores de Butaleja que "Jesus trabalhou por nós".

Em sua pregação, Kajuba explicou às pessoas como ele experimentou a proteção divina em várias ocasiões.

O soldado animou os que lutavam com várias questões, incluindo bruxaria, a encontrar significado e propósito na vida.

O propósito, insistiu o capitão Kajuba, só pode ser encontrado através de um relacionamento pessoal com Jesus Cristo.

“As coisas nunca serão as mesmas para você. Foi Jesus quem nos ajudou a sobreviver às balas. Que problema você tem que é maior que Deus?”, disse o capitão Kajumba.

Outros palestrantes, incluindo Asp. Brian Asiimwe, Cap. Emmanuel Awourinawe atribuíram a transformação de suas vidas a Deus.

“O que Jesus fez antes, ainda pode fazê-lo novamente. Tudo o que parece impossível para o homem, é possível para Jesus", disseram eles, citando Hebreus 12:29, que diz: "Porque nosso Deus é um fogo consumidor".

A cruzada foi organizada através de esforços conjuntos com os pastores Butaleja e a Irmandade.

Deixe um comentário