DC Comics transforma Jesus em super-herói e distorce história bíblica

Jesus será apresentado como super-herói fracassado nos quadrinhos da DC Comics. (Foto: Divulgação)

Jesus será apresentado como super-herói fracassado nos quadrinhos da DC Comics. (Foto: Divulgação)

Publicado em Quarta-feira, 9 Janeiro de 2019 as 10:44

A DC Comics transformou Jesus Cristo em seu novo super-herói na série “Second Coming” (“Segunda Vinda”, em português). A história em quadrinhos será lançada em março pelo selo Vertigo, com um roteiro divergente dos relatos bíblicos.

O retorno de Cristo é contado pelo escritor Mark Russell e ilustrador Richard Pace de forma totalmente diferente do que é mostrado na Bíblia. A série deve ter seis edições.

No HQ, Jesus é descrito como um herói “fracassado” que desapontou a Deus quando foi crucificado em sua primeira vinda à Terra. Ele é enviado de volta para aprender a ser um verdadeiro Messias, com a ajuda do Sun-Man (“Homem-Sol”).

“Deus envia Jesus à Terra na esperança de que ele aprenda o negócio da família com o Sun-Man, um super-herói todo-poderoso, que é como o quarterback do colégio que Deus nunca teve”, disse Pace nesta segunda-feira (7) no Twitter.

A série não apresenta Jesus como onisciente e onipotente, mas como alguém totalmente ignorante sobre sua missão e que precisa de ajuda.

“Um super-herói todo poderoso, chamado Sun-Man, tem que dividir um apartamento de dois quartos com Jesus Cristo. O conceito é que Deus ficou tão chateado com a performance de Jesus na primeira vez que veio à Terra, por ter sido preso e crucificado logo depois, que o manteve trancado desde então”, disse Russell em entrevista ao site Bleeding Cool.

“Deus ficou tão chateado com o fato de ter sido crucificado que nem o deixou olhar pela fechadura celestial na Terra para acompanhar”, Russell acrescentou. “Ele não sabe até que ponto as coisas chegaram, até que ele vir à Terra para ver pessoalmente”.

De acordo com o roteiro, quando Jesus retorna, fica chocado com a forma como os cristãos interpretaram mal o Evangelho. Por isso, Jesus tenta “endireitar o Evangelho”, ensinando aos cristãos quem ele realmente é — uma identidade que Russell não deixou muito clara.

Para o escritor de quadrinhos, o cristianismo entendeu tudo errado. “A religião cristã não se baseia realmente no que ele ensinou, especialmente as megaigrejas evangélicas modernas. Eles o têm mais como um mascote em camisetas, para provar que estão no time vencedor”, disse ele.

Deixe um comentário