Mulher sai ilesa de queda de poste em vendaval após orar Salmo 91: “Foi a mão de Deus”

Câmeras de segurança filmam momento em que mulher quase foi atingida por um poste em Curitiba. (Foto: Reprodução/RIC Record Tv)

Câmeras de segurança filmam momento em que mulher quase foi atingida por um poste em Curitiba. (Foto: Reprodução/RIC Record Tv)

Publicado em Quinta-feira, 2 Julho de 2020 as 9:45

Na pausa para o almoço, Teresa Monteiro costuma ir a uma praça na Região Metropolitana de Curitiba para ter um momento de oração. Nesta terça-feira (30), ela viu a mão protetora de Deus ao sair ilesa da queda de um poste, quando cidades paranaenses chegaram a registrar ventos superiores a 100 km/h.

Câmeras de segurança instaladas no bairro Ouro Verde, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, filmaram o momento que uma mulher quase foi atingido por um poste. As imagens são desta terça-feira (30), quando cidades paranaenses chegaram a registrar ventos superiores a 100 km/h, e Teresa Monteiro havia ido à praça para fazer orações.

Teresa é técnica de enfermagem do Hospital do Rocio, que fica no bairro Ouro Verde, em Campo Largo. No município, o hospital é considerado referência para atendimento de casos confirmados da Covid-19. 

Ela estava no horário do almoço e foi à praça para orar, mas decidiu retornar, por volta das 13h, depois que um forte vento começou a atingir o local.

“Todos os dias eu faço isso, porque eu gosto de meditar, conversar com Deus. Ontem eu também fiz isso e eu notei que havia um vento muito forte e eu precisava de uma proteção maior de Deus. Daí eu sempre costumo orar o Salmo 91. Eu sentei ali no local e comecei a orar aí eu percebi que o vento realmente tava forte aí eu levantei e fiquei encostada na árvore e terminei de orar o Salmo”, contou a técnica à reportagem do Balanço Geral Curitiba.

Logo após Teresa deixar a praça, uma árvore foi derrubada pelos fortes ventos. Ao ouvir o barulho, a técnica de enfermagem olhou para trás e neste instante, um poste localizado na calçada foi puxado pela fiação e por pouco não a atingiu. O momento foi registrado por câmeras de segurança.

Teresa reconhece que saiu ilesa por uma ação de Deus. “Uma mão mais forte desviou o poste de mim. Não dá para explicar”, disse. “Foi a mão de Deus que me fez tropeçar na hora. Foi um milagre mesmo”.

Deixe um comentário