“Para tristeza do diabo, intensificamos a comunhão com Deus”, diz pastor curado da Covid-19

Pastor Tiago Moura, sua esposa, Tayanny Moura, e os filhos Henrique e Rebeca. (Foto: Verbo da Vida)

Pastor Tiago Moura, sua esposa, Tayanny Moura, e os filhos Henrique e Rebeca. (Foto: Verbo da Vida)

Publicado em Terça-feira, 30 Junho de 2020 as 12:02

“Nosso Deus continua curando”. É assim que o pastor Tiago Moura, presidente da Igreja Verbo da Vida de Petrópolis (RJ), celebra a recuperação de sua família, que foi infectada pelo novo coronavírus no início de junho.

O pastor Tiago e sua esposa, Tayanny Moura, iniciaram o ano “estimulando nossa igreja a ter mais comunhão e intimidade com o Senhor”. E foi inspirados nesta direção que eles enfrentaram o diagnóstico de Covid-19 após os sintomas de uma leve gripe.

“Dias depois meu filho Henrique, de 8 anos, também. Até então, não sabíamos se era o Covid-19, pois os sintomas eram, ainda que incômodos, eram leves. E minha filha, Rebeca, de 4 anos, ficou totalmente assintomática”, disse Tiago.

Foi então que a família resolveu fazer o exame do coronavírus, que testou positivo. Após o exame, Tiago, Tayanny e Henrique desenvolveram novos sintomas: a perda do paladar e olfato. 

Foram 13 dias com os sintomas no corpo, que foram combatidos com medicamentos e muita fé. “Espiritualmente, para tristeza do diabo, intensificamos nosso momento de adoração e comunhão com o Senhor. Sim! Nosso Deus continua curando, protegendo. Parece que estou cercado, mas sou guardado por Ele”, destacou o pastor.

“O diabo sempre vai querer nos parar, amedrontar, nos deixar covardes. Mas eu só posso dizer que ele pegou uma família ousada e destemida”, acrescentou Tiago.

Depois de se recuperarem completamente da doença, a família está ainda mais fortalecida. “É assim que nós podemos dizer que estamos, firmes e fortes e, agora, com mais ousadia e liberdade para ajudar ainda mais”, afirma o pastor Tiago. 

“Enfim, tudo deu certo. E estamos curados do coronavírus”, celebra.

Deixe um comentário