Pastores ligados a Trump chegam ao Brasil para iniciar estudos bíblicos no Congresso

Membros do gabinete do presidente dos EUA, DonaldTrump, comparecem a estudo bíblico na Casa Branca. (Foto: AP Photo/Evan Vucci)

Membros do gabinete do presidente dos EUA, DonaldTrump, comparecem a estudo bíblico na Casa Branca. (Foto: AP Photo/Evan Vucci)

Publicado em Terça-feira, 13 Agosto de 2019 as 10:23

A Capitol Ministries, que em português significa “Ministério do Capitólio” — prédio do Congresso dos Estados Unidos — chega ao Brasil com uma visão objetiva: fazer discípulos de Jesus ​​Cristo na arena política em todo o mundo.

Fundada pelo ex-jogador de basquete e pastor Ralph Drollinger na Califórnia, em 1996, a Capitol Ministries tinha como público principal os deputados do Congresso americano. Em 2017, fundou o primeiro grupo de estudos bíblicos na Casa Branca, dedicado a membros do governo de Donald Trump. 

O encontro semanal reúne cerca de dez membros do alto escalão do governo americano, incluindo o vice-presidente, Mike Pence, e o secretário de Estado, Mike Pompeo. “Nós ficamos longe da política e nos concentramos nos corações dos líderes”, diz o site do ministério.

No Brasil, o lançamento oficial está programado para a segunda quinzena de agosto no Senado Federal, como explicou à Agência Pública o pastor da Igreja Batista Vida Nova, Raul José Ferreira Jr., que será o responsável por conduzir os estudos bíblicos no Senado e na Câmara.

O ministério pretende realizar reuniões individuais com parlamentares, especialmente os não convertidos, além de reuniões coletivas semanais. 

A Capitol Ministries já conta com o apoio de parlamentares que são membros da Frente Parlamentar Evangélica, como o senador e pastor Zequinha Marinho (PSC-PA) e o deputado e também pastor Roberto de Lucena (PODE-SP).


O pastor Ralph Drollinger e fundador da Capitol Ministries, que realiza estudos bíblicos na Casa Branca. (Foto:  Reprodução/The Intercept)

Deixe um comentário