Hernandes Dias Lopes: Nossa espiritualidade perde valor se não amamos os filhos pródigos

É um perigo estar na casa do Pai e não ter prazer no Pai. A afirmação em forma de alerta foi feita pelo pastor Hernandes Dias Lopes, em uma de suas pregações na Igreja Presbiteriana de Pinheiros, São Paulo. Após ler a passagem do evangelho de Lucas na qual Jesus conta a parábola do filho pródigo, o pastor contextualizou a mensagem.

"O filho mais velho está do lado de fora da casa do Pai, porque o filho pródigo está dentro da casa do Pai, porque retornou ao pai e isso então, enseja para nós uma lição soleníssima: o perigo de se estar dentro da igreja, de se estar na casa do Pai e não ter prazer no Pai, e não ter comunhão com o Pai, e não ter o coração do Pai; de estar dentro da igreja, mas com um forte senso de justiça própria", disse. "Estão dentro da igreja, mas perdidos, pensando que merecem de Deus a salvação pelas suas próprias virtudes".

O pastor então, destacou algumas verdades que merecem a atenção e levam o cristão à reflexão sobre sua própria vida com Deus e com a igreja.

"O [irmão] mais velho vive dentro da igreja, dentro da casa do Pai, mas ele desobedece os principais mandamentos de Deus: amar a Deus sobre todas as coisas e amar o próximo. Nessa parábola, o pai está representando a pessoa de Deus. Ele [irmão mais velho] está irado com o Pai. E o próximo é representado pelo seu irmão mais novo, que voltou. Ele não ama o irmão que voltou", explicou.

"A nossa espiritualidade não tem valor para Deus se não conseguimos amar aqueles que, reciclados pela graça, retornam à casa do Pai, mesmo tendo vivido uma vida de transgressão tão grave, aos nossos olhos e aos olhos de Deus", acrescentou.

Clique no vídeo acima para conferir a pregação completa.

Deixe um comentário