Hernandes Dias Lopes: "O problema não é ter dinheiro, mas sim o dinheiro nos ter"

"Será que ninguém ama mais a Deus do que o dinheiro?". O questionamento foi citado por Hernandes Dias Lopes durante uma de suas pregações como forma de estimular uma reflexão sobre a relação adequada sobre a relação adequada de um cristão com seu dinheiro e bens materiais, de forma que isso não se sobreponha ao relacionamento com Deus.

Usando a história de Jó como uma ilustração para um exemplo de um homem que foi até o extremo de perder muito mais que seus bens materiais e ainda assim permanecer firme na fé, o pastor explicou — entre outros pontos — que não é o fato em si de ter dinheiro um pecado, mas sim a idolatria a isso.

"Na parte final do verso 3, somos informados de que este homem 'era o maior de todos os do Oriente'. Sabe o que significa isso? Que ele era o homem mais rico de sua geração. Já fomos informados que ele era o mais piedoso, agora somos mais informados que ele era o mais rico e aqui cai um mito: o de que um homem rico não pode ser piedoso", explicou.

"Não é verdade isso. É possível ser rico, o mais rico e ser piedoso, o mais piedoso. O problema não é ter dinheiro, o problema é o dinheiro nos ter; o problema não é ter dinheiro no bolso, o problema é entronizar dinheiro no coração; o problema não é o dinheiro, o problema é o amor ao dinheiro", acrescentou.

Fidelidade

O pregador destacou também a fidelidade de Jó, que não perdeu tudo o que tinha aos poucos, mas sim em um só dia.

"Agora notem vocês que no capítulo 1, versículo 15, 16 e 17, Satanás vai usar três elementos para levar Jó à falência: os sabeus, o fogo e os caldeus. Não foi em uma semana, um mês, um ano, uma década... foi em um único dia que o homem mais rico de sua geração entrou em colapso financeiro, vai à falência", lembrou.

"Ora, você e eu conhecemos gente que por muito menos blasfema contra Deus, por muito menos levanta os punhos contra os céus, por muito menos dão um tiro na cabeça. A pergunta é: será que a tese de satanás era verdadeira? Será que ninguém ama mais a Deus do que o dinheiro? Será que Jó blasfemaria contra Deus? A resposta está no versículo 21, do capítulo 1. Quando Jó recebe a notícia de que está falido, ele diz assim: 'nu saí do ventre da minha mãe e nu eu voltarei'. Sabe o que ele está dizendo? 'Eu não trouxe nada para o mundo, eu não vou levar nada do mundo, portanto, o que eu ganhei entre o berço e a sepultura não é a razão da minha vida'. Ele derrota a primeira tese de Satanás e prova que ama mais a Deus que o dinheiro", destacou.

Clique no vídeo acima para assistir à pregação completa.

Deixe um comentário