Palmeiras dá show no São Paulo e quebra jejuns

PalmeirasxSao Paulo se enfrentaram na arena Allianz Parquepelo Campeonato Paulista, na noite desta quarta-feira( 25)

PalmeirasxSao Paulo se enfrentaram na arena Allianz Parquepelo Campeonato Paulista, na noite desta quarta-feira( 25)

Publicado em Quinta-feira, 26 Março de 2015 as 8:18

Se o Palmeiras convivia em 2015 com um incômodo jejum de não ter vencido nenhum time da Série A, a equipe alviverde encerrou o “tabu” de forma espetacular na noite desta quarta-feira. O primeiro “Choque-Rei” no Allianz Parque foi de um time só. Com falha de Rogério Ceni, brilhantismo das principais estrelas palmeirenses e expulsões de Rafael Tolói e Michel Bastos, o Palmeiras deu um show para vencer o primeiro clássico com o time tricolor na nova arena. O resultado? Um 3 a 0 alviverde que ficou até barato para a equipe de Muricy.

Antes de Palmeiras x São Paulo, a equipe alviverde havia recebido o Corinthians e saiu derrotada por 1 a 0 – também perdeu clássico para o Santos por 2 a 1, mas na Vila Belmiro. Nesta quarta, tudo foi diferente. O Palmeiras dominou desde o princípio, contando ainda com falha do maior ídolo rival. Zé Roberto, Arouca, Robinho, Dudu e Rafael Marques em grande noite fizeram o time alviverde voltar a ser “grande”, como pede o líder do elenco. O fim teve até gritos de olé no clássico com pouco mais de 25 mil presentes e protestos de ambas as torcidas contra os altos preços.

O Palmeiras entrou com 10 minutos de atraso por chegar atrasado ao estádio, mas não demorou para se impor em campo. Logo com dois minutos de jogo, Rogério Ceni saiu jogando de forma bisonha e tomou um golaço espetacular de Robinho. Já estava bom para os palmeirenses? Ficou melhor cinco minutos mais tarde com a expulsão de Rafael Tolói, que revidou leve cotovelada na barriga de Dudu com um chute no adversário fora do lance.

Dudu, por sinal, estava em dia inspirado, ironicamente contra um time que tentou lhe contratar. Os palmeirenses perderam um caminhão de gols, mas ainda aumentaram antes do intervalo com Rafael Marques. O primeiro tempo fulminante acabou com alívio para os são-paulinos, que puderam se reorganizar no intervalo sem uma goleada. Ufa!

tentativa de mudança de Muricy foi sacar o apagadíssimo Ganso para a entrada de Centurión. Não deu muito certo: Com pouco tempo de bola rolando, Rafael Marques fez o segundo na partida, em falha da marcação adversária. Bastante superior, o time alviverde desperdiçou infinidade de contra-ataques. Já o time do Morumbi perdeu Michel Bastos, expulso por entrada com as solas levantadas em Arouca. Ficou barato, hein, São Paulo?

Ambos os times estão classificados, mas o Palmeiras leva vantagem para poder mandar as quartas de final na cidade paulistana – o pior dos três grandes da cidade terá que mandar o jogo no interior. O time alviverde tem 27 pontos na liderança do Gripo 3, enquanto os são-paulinos têm 26 pontos, na primeira posição do Grupo 1. A próxima rodada, neste fim de semana, terá Red Bull x Palmeiras e São Paulo x Linense, ambos no domingo.

 

 

Deixe um comentário