Tem extensões de cílios? Saiba quais são os cuidados necessários

(Foto: Puhhha/ThinkStock)

(Foto: Puhhha/ThinkStock)

Publicado em Quarta-feira, 16 Outubro de 2019 as 12:07

Ter cílios longos, volumosos e curvados, como de bonecas, é um desejo praticamente universal. Por isso, a procura pela máscara que nos dê esse efeito é incansável. Foi nessa busca pelos cílios perfeitos que as extensões se tornaram tão populares, mas, para mantê-las bonitas por mais tempo, é necessário tomar alguns cuidados especiais.

A especialista e lash designer do estúdio Make It, Juliana Prata, deu cinco dicas para cuidar das extensões. “São dicas de ouro, que vão garantir cílios bem cuidados por até 30 dias. E claro, não se esqueça de fazer a manutenção com o profissional regularmente”, explica a profissional à Claudia.

1. Diga adeus à máscara de cílios

Se você tem o alongamento, não é necessário usar rímel. O produto pode comprometer a durabilidade da extensão, porque deixa os cílios grudados uns nos outros. Além disso, na hora de remover a máscara, o atrito pode fazer com que os fios caiam.

2. Lave todos os dias

Apesar muita gente acreditar que molhar as extensões pode prejudicar a durabilidade delas, isso é um mito. Você deve lavar os cílios todos os dias para remover a oleosidade da região e evitar a proliferação de fungos e bactérias. Para fazer a higiene adequada, use shampoo neutro ou sabonete facial e não esfregue muito.

3. Seque bem

A umidade é inimiga dos cílios. Use a toalha com cuidado, pressionando levemente e evitando o atrito. Se for necessário, use um secador de cabelo com ar frio, segurando-o na altura do umbigo, deixando o vento bater na parte de baixo dos cílios.

4. Escove todos os dias

Use uma escovinha para escovar as suas extensões algumas vezes por dia. Além de deixar os fios alinhados e no lugar, a escovação ajuda a aumentar a durabilidade.

5. Nunca aplique óleo na região

Não use produtos a base de óleos na região dos olhos, como demaquilantes bifásicos. O óleo pode fazer com que o adesivo utilizado na fixação da extensão solte. Evite!

Deixe um comentário